Hackeando o Estado

O FUTURO DO GOVERNO

 
 
 

O PROJETO

O projeto Hackeando o Estado: o Futuro do Governo apresenta, através da exposição de grandes movimentos tecnológicos - dados abertos, Internet das coisas, cibersegurança e blockchain - o potencial que o governo aberto, a participação pública e a tecnologia têm para transformar nosso governo.

Em parceria com a Prefeitura de São Paulo, no projeto Agentes do Governo Aberto, oferecemos uma série de workshops entre Agosto e Outubro de 2017 sobre as questões que envolvem o uso de dados abertos para a gestão pública e o potencial de diversas tecnologias como forma de resolução de problemas públicos.

Em um primeiro momento expositivo, cada um dos movimentos é analisado, seguido então por uma dinâmica de levantamento e resolução de problemas a partir das tecnologias apresentadas. Os workshops têm como missão alcançar pessoas das mais variadas regiões de São Paulo e de diferentes grupos sociais, principalmente aquelas que geralmente teriam menos contato com essas discussões.

Acesse abaixo a apresentação e todos os materiais utilizados nos workshops. Lembrando que tudo foi feito para ser aberto, então qualquer questão é só falar com a gente!
 

 

PARCEIRO

Prefeitura de São Paulo

 

RESULTADOS

LAbrimos um canal de comunicação sobre tecnologia que grande parte das pessoas que participaram dos workshops nunca tinham se envolvido. Coletamos vários depoimentos de uso tecnológico já automático, sobre os quais os “usuários” ainda não tinha sido refletido sobre. Diferentes experiências e visões foram confrontadas com nossos materiais durante os workshops, criando visões de futuro e ideias de projetos nas áreas de educação, segurança, saúde, transporte público e cidadania.

Conseguimos atingir nossa meta de levar discussões para uma pluralidade:
Participantes de 15 até 75 anos;
Pessoas que não participam de nenhuma rede social até desenvolvedores em blockchain;
De ensino fundamental incompleto até doutores.

Agora, queremos manter um canal aberto com a Prefeitura de São Paulo para continuar executando iniciativas do tipo.
 

hackeando-o-governo.png